28 de agosto de 2009

Travel Planning


Adoro fazer “travel planning”.
Normalmente armadilho-me sempre de Rough Guides antes de viajar e faço um percurso possível.
Claro que um calendário apertado em países onde 200km demoram 8h a percorrer é meio caminho andado para a desilusão (e ouvi dizer que na Bolívia os autocarros chegam com dias de atraso e não horas...) mas já que não vamos reservar praticamente nada, mesmo com imprevistos é sempre bom ter uma ideia de como podemos gastar os dias que temos...

... já se sabe que nestas circunstâncias cada dia vale ouro... e neste caso ouro inca :-) e há tanta coisa para ver!

Aqui fica um sneak preview do que poderemos encontrar:

potosi (bolívia)
salar de uyuni (bolívia)
deserto de dalí (bolívia)
árvore de pedra (bolívia)
laguna colorada (bolívia)
laguna verde (bolívia)
san pedro de atacama (chile)
valle de la luna (chile)
estrada panamericana (chile)
vulcão parinacota (chile)
la paz - coroico (bolívia)
lago titicaca (peru)
machu picchu (peru)

(fotos retiradas da web)

10 comentários:

FM disse...

espero umas fotos no mínimo ao nível destas...sinceramente acho que vocês têm uma grande alma de viajantes, e essa vai ser certamente uma aventura diferente, mas que vai trazer certamente grandes fotos e grandes estórias...Força

ana disse...

:)
fiquei contente por ver este post.
a partida pelos vistos aproxima-se e os rough guides ja estão em cima da mesa. o planeamento está a girar em breve estarão dentro de um avião a atravessar o atlântico :)))
aposto que vai ser uma viagem maravilhosa ;)
se quiserem alojamento em viña del mar, ou valpariso, dêem a dica. conheci um chileno em itália que era rapaz para vos alojar ;)
bjinho

ana disse...

esta é mesmo uma das minhas viagens de sonho, fora do continente europeu!
qd voltares, estarei fielmente a acompanhar a viagem aqui sentadinha na minha cadeira (infelizmente lol)
have fun

turbolenta disse...

Que sítios de sonho!
DEve ser uma magnífica viagem, embora por essas bandas o tempo passe lento, tão lento que os transportes não têm horário de chegada...se chegarem...
Li os livros do Gonçalo Cadilhe. Adoro a maneira simplista como ele descreve os locais por onde passa e que não são comuns à maioria dos viajantes(não digo turistas)E ele descreve isso justamente em algumas passagens do mesmo livro.
Não deixa, contudo, de ser uma viagem bem mais interessante que aquelas tão massificadas e atulhadas de turistas( e então se não apanharem por lá os brutamontes dos Ingleses, a viagem será ainda mais calma! lol lol

Entretanto,quero dizer que hoje já publiquei o meu Tzatziki. POdes ver em:
http://turbolenta-petiskaky.blogspot.com/

A Ana (a minha filha)do post acima diz que este também ficou bem bom.

Greece 2009 disse...

lool, afinal vieste fazer aqui publicidade :P evitava de ter tido trabalho..mas n faz mal...
vinha agora aqui dizer que a receita do tzaziki já estava on.line..pelos vistos existem duas ...n há nada cm a fartura lol*

Filha do Vento disse...

Também li os livros do Gonçalo Cadilhe... Apesar de solitária, (suponho), cada vez mais penso que queria uma vida como a dele.

CAP CRÉUS disse...

Muito injusto!:-)
Não preferes os da Lonely Planet?
Aproveita!

Filha do Vento disse...

Prefiro os Rough Guide's pois considero-os um pouco menos "mainstream" do que os Lonely Planet's... mas é uma questão de opinião... e principalmente é uma questão de "qual foi o 1º que se comprou...?"

CAP CRÉUS disse...

Pois! O 1º é o que conta mais, e no meu caso foram os LP.
Também gosto dos RG, mas não há amor como o 1º. :-)

Greece 2009 disse...

Eu cá já não me entendo muito bem com os lonely planet...
Secalhar é pelo meu cérebro andar meio trocado das ideias. Mas chego ao final da página e é tanta informação junta..Que me disperso.No entanto, os mapas têm as letras minúsculas.. Aquilo é demasiado monocromático para o meu gosto. Ainda hoje estava a ver o meu LP da Alemanha, e um dos capítulos de uma cidade enorme que se encontra dividida em distritos, mal se conseguia diferenciar os nomes dos distritos com os nomes dos monumentos. Há que ter atenção lol. São pormenores sem importância mas para quem está na estrada, não me parecem muito práticos e imediatos.

Bem, é melhor calar-me..A nível da informação, ainda não averiguei muito bem isso...
Nas ilhas não usei nenhum deles e o que usei foi espectacular ;)