10 de julho de 2014

rota vicentina

Eu já conhecia a Costa Vicentina. Quem ainda não deu um saltinho à Zambujeira, Carrapateira ou Sagres? Conhecia no modo "ir lá festivalar" ou "ir lá saltitar de praia em praia" e voltar para Lisboa. 
O que, diga-se de passagem, não é mau de todo!

Mas agora fui conhecer a Costa Vicentina onde não conseguimos chegar de carro. Aquela que fica nas falésias entre as praias.

A Rota Vicentina é uma grande rota pedestre no Sudoeste de Portugal, entre Santiago do Cacém e o Cabo de S. Vicente. Algo como 350 km para percorrer a pé, divididos entre o Caminho Histórico e o Trilho dos Pescadores, sempre com vista para uma das mais belas e bem preservadas zonas costeiras do sul da Europa.

Estes dois itinerários complementam-se e revelam a verdadeira essência do Sudoeste de Portugal, um mix do Alentejo manso e sonhador, com o único Algarve genuíno e indomesticável.

O Caminho Histórico atravessa as principais aldeias através de caminhos rurais e também pode percorrer-se de bicicleta.

O Trilho dos Pescadores é junto ao mar num sobe e desce de trilhos ao longo das falésias, sempre em contacto com a natureza mais selvagem e sempre, mas sempre, com o vento no cabelo. 

Adivinhem qual escolhi...











E vocês? Já conhecem a Rota Vicentina?



mais aqui


2 comentários:

A. Vagamundos disse...

Também queremos muito ir conhecer o trilho! Talvez para Setembro. Fizeram todo o percurso da rota ou escolheram alguns troços em particular? Como foi com a logística? Fácil de arranjar alojamento económico?
Bjs

Vento no Cabelo disse...

Olá! Optámos por alguns troços junto a falésias do Trilho dos Pescadores a Sul de Aljezur. Procurámos fazer percursos circulares para facilitar em termos de transporte. Está tudo muito bem assinalado. Há vários hostels económicos, na zona mas penso que no Verão deve ser mais difícil encontrar vaga.
Passem no site oficial www.rotavicentina.com está fantástico e explica timtim pot timtim todas as opções.
Boa caminhada!
*