12 de outubro de 2006

Dolce – e barato - Fare Niente, em NAXOS

21-Ago-2006, segunda-feira

De volta a Naxos, e uma vez determinado o dia de regresso a Atenas – amanhã - decidimos comprar o bilhete de barco e levantar algum dinheiro pois entre viagens de taxi do aeroporto para o centro às 2h, bilhetes de comboio, bilhetes de barco, estadias em quartinhos, alugueres de moto4, one day excursions, comida de supermercado, uns mil litros de água e absolutamente zero (!) souvenirs, o nosso budget de 500€/cada estava praticamente gasto e nós incredulamente tesas que nem carapaus.
Assim, foi decretado o dia de PRAIA e RELAX!

Resolver a parte do dinheiro foi fácil.
A do bilhete nem por isso por causa de algo relacionado com a palavra “ESGOTADO”. É que a partir de 20-Ago já há muitas pessoas a regressar a Atenas, explicaram. Acabámos por ficar com os bilhetes de outras pessoas que entretanto desistiram, num barco que chegaria a Atenas à 1h00... era isso ou ir no dia seguinte.



Posto isto começou-se a exploração diurna da cidade velha de Naxos, do Old Market ao Castelo, calcorrearam-se as ruas propositadamente labirínticas feitas de modo a despistar piratas. Já nos conhecem aqui na rua de Naxos onde passamos 3-4 vezes por dia. A senhora das tartes de espinafres sorri e acena com a cabeça, o rapaz da loja de sandálias diz “bom dia”.

A praia aconteceu em Ayios Prokopios. O clima é perfeito. Penso mil vezes que a pergunta “está bom tempo?” quando acordamos, não faz sentido aqui.


De noite percorreram-se as ruelas da cidade velha. Encantámo-nos com as suas tavernas, nos recantos mais inimagináveis.

3 comentários:

Anónimo disse...

oi!
gostei das fotos e dos textos
.met mais coisas

ans disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
ana disse...

vontade máxima de explorar estas ruelas.
mas já esteve mais longe ;) é o que vale.