5 de novembro de 2007

La Mancha, Terra de D. Quixote





Toda a província de La Mancha transpira aventuras de D. Quixote, o anti-herói criado por Miguel Cervantes.
No romance, um fidalgo castelhano já de alguma idade, inspirado pelas façanhas dos heróis dos livros de cavalaria, lança-se à aventura num cavalo velho e pulguento, com o coração cheio dos ideais cavalheirescos de amor, paz e justiça.
Nas suas aventuras combate moinhos e rebanhos de ovelhas que julga serem gigantes e exércitos de inimigos... e de uma maneira ou de outra as suas fantasias acabam sempre por ser desmentidas pela dura realidade.
É impossível para o leitor não sentir simpatia pelo cavaleiro andante e frustrado, e pelo seu companheiro Sancho Pança.

Em Consuegra encontrámos os moinhos das suas aventuras...

2 comentários:

eu disse...

belos moinhos
belos ideais

cmfm disse...

Realmente parecem gigantes