14 de julho de 2008

Ventos festivaleiros






Não gostam desta altura festivaleira?
Eu adoro o cheiro da sardinha assada, o copo de sangria fresquinha, o calor, as cores das bandeirinhas a esvoaçar no céu azul.
E à noite, os pirilampos a piscar, a lua gorda, amarela e derramada preguiçosa...

1 comentário:

manjerico disse...

Grandes fotos de uma das melhores alturas do ano, grande luz, gosto