14 de novembro de 2008

Not India...

29-Outubro-2008


Somos deixados no meio de uma Chinatown borbulhante e conveniente para quem planeia apanhar comboios na Hualamphong Station de manhã cedo.
À primeira vista acho tudo confuso. Bangkok é uma cidade enorme, cheia de fumos, barulhos e cheiros que me são estranhos.



Mas não estamos na Índia. Não.

Aqui as coisas são diferentes. É tudo muito mais limpo e aparentemente organizado. Não somos abordamos a cada 5 segundos por uma pessoa diferente. Há muita gente sentada no chão nas estações de comboio mas não é à balda, é sempre deixado um corredor central para as pessoas passarem e ninguém cospe para o chão. Há caixotes do lixo e são usados.



E os cheiros... sim são desconhecidos, mas se removermos da equação os fumos dos carros – não tão insuportáveis quanto isso – e um ou outro problema de canalização, cheira a flores colocadas junto aos retratos da família real por toda a cidade, cheira a incenso vindo dos templos, cheira a boa comida e também cheira a chão lavado.
Não estamos na Índia e rapidamente percebo que tenho que parar de comparar o que não é comparável. Esta não é a segunda capital da Ásia que visito. É a primeira.
Delhi não conta. A Índia é toda ela um subcontinente à parte onde tudo é diferente, pior, melhor e incrível.

1 comentário:

FM disse...

pela amostra a descrição desta viagem promete bons textos e boas fotos...e realmente todos os sitios têm o seu cheiro caracteristico