14 de janeiro de 2009

Joint Tickets

8-Novembro-2008

Hoje bem cedo entramos num daqueles esquemas dos Joint Tickets que proliferam por toda a Tailândia.

Nestes esquemas o viajante compra um bilhete para um destino mesmo que para lá chegar tenha que trocar 3 ou 4 vezes de transporte.
A única coisa certa é o destino, o ponto B. Pois desde que saímos do ponto A até que chegamos ao ponto B passamos por um período de não-controlo absoluto sobre as nossas vidas. Não sabemos quando vamos parar e onde, não sabemos onde vamos comer, não sabemos em que tipo de veículos vamos ser transportados e claro... muito menos sabemos a que horas vamos chegar.
Somos uma espécie de mercadoria de autocolante colorido ao peito que os senhores das transportadoras reconhecem –pela cor do autocolante– e reencaminham.

O nosso percurso era aparentemente simples: barco para Surat Thani e bus para Krabi... mas há pessoas que utilizam estes esquemas para viajar de uma ponta à outra do país.


Saímos de Koh Samui dentro de um autocarro dentro de um ferryboat em direcção a Don Sak, que fica a 70km de Surat Thani.

Continua a chover, mas a paisagem até ganha um encanto misterioso quando envolta na neblina.


Em Surat Thani deixam-nos num hub de transfers para esperar pelo bus para Krabi. Estes hubs são uma espécie de sala de espera gigante. Têm sítios para sentar, senhoras a fazer pratos rápidos, WC e TV.
Aqui percebo que estou viciada em omeletes com arroz e molho de soja, tudo comido à colher.

1 comentário:

fm disse...

a foto está muito bonita...