7 de fevereiro de 2008

Praia na COROA do AVIÃO

Como é ? Há 9 dias no Brasil e ainda nenhum banho de mar ?
Isso tinha que mudar hoje, algures numa praia do Pernambuco.

Posta de parte a urbana praia da Boa Viagem, no Recife, decidimos rumar ao Norte em direcção a Itamaracá, a uns 50Km de Olinda.
Para isso apanhamos 3 conduções (ônibus para Rio Doce, ônibus para Igarassu, ônibus para Itamaracá). Como é Domingo, este é um processo que demora umas 2 ou 3h.
Mas não faz mal... há sempre gente para conversar nos pontos de ônibus.

Descemos em Forte Orange, uma praia junto a um forte em forma de estrela, construído pelos Holandeses quando tentaram - e conseguiram - invadir o Nordeste do Brasil aos Portugueses.


Para chegar à ilha de Coroa do Avião, é necessário “pedir carona” a um dos muitos marinheiros que por ali andam nos seus barcos.
Esta é uma ilha deserta com palmeiras e barzinhos de praia onde se come marisco e se bebem skol’s geladinhas.
A água do mar por seu lado é morna.



De tarde apanhamos Sol e negociamos um prato de ostras fresquinhas com um vendedor ambulante...

Depois de algum tempo à espera do ônibus de volta, alguém nos diz que após determinada hora não passam mais ônibus por ali. Só 2km mais acima na estrada.
Não faz mal, porque por estes lados há sempre alguém disposto a oferecer carona por 1Real (40cênt.)



De volta a Olinda e à sua animação non-stop, jantamos na Praça da Sé: sentados nas únicas cadeiras de plástico vagas, junto a uma barraca de petiscos, rodeados de centenas de pessoas morenas e sorridentes, saboreamos uma tapioca de frango, queijo e catupiry (ainda estou para descobrir o que é), queijio assado num espetinho e uma caipifruta de morango, com leite condensado...
Comemos até mais não... sempre com a música e o som das pandeiretas no ar.


Mais tarde elegemo-lo o melhor jantar da viagem.

2 comentários:

pencas disse...

paraiso...

cmfm disse...

E eu que antes de ler isto não tinha fome nenhuma...