8 de setembro de 2008

Siena heart open

18-Agosto-2008

Quando chegamos está tudo fechado. A estação vazia é-me tão familiar como se tivesse estado lá ontem. Temos que arranjar maneira de chegar à cidade. Só sabemos que não podemos ir a pé. São 2km a subir.
Depois de um impasse italiano, chegamos à Piazza Gramsci – onde chegam os autocarros – e eu não caibo em mim de contente... pois cheguei.

Siena é daqueles sítios inexplicáveis e eu não espero compreensão de quem ler estas linhas. Só sei que quando chego ao Campo estou em casa. É exactamente aqui que quero estar.
Sento no chão e olho para a Torre Mangia. Há restos de areia espalhada do Palio.
Nem acredito que hoje de manhã estava em Lisboa... regressei no tempo.
É optimo estar aqui.








Siena opens her heart to you wider than this door.

3 comentários:

fm disse...

Grande paixão que aí vai por siena, percebe-se bem o porquê pelas fotos que aqui estão...fico á espera de mais.

Ana disse...

Ah o Palio..o Palio...
Qd fui a Siena coincidia com o dia do Palio mas contornei a situacao e andei por outras paragens. Acho que queria ver Siena sem grandes multidoes...Secalhar queria siena so para mim :S mas da próxima gostava de assistir ao Palio e ver essa manha fresca ao abrir as janelas e o olhar estrelado sobre a piazza del campo de preferencia acompanhada...isso sim..
Queremos ver mais!*Siena eh belissima

Filha do Vento disse...

Pois cara Ana, perdeste seguramente uma das manifestações populares mais loucas do mundo...!

Fica para a próxima!

;)