21 de novembro de 2008

Angkor Wat

31-Outubro-2008

Às 05h da manhã, o Mr Sith espera-nos no seu tuk-tuk, pontual e sorridente. Vai conduzir-nos durante o dia pelos templos de Angkor.
Ainda é noite e caem alguns pingos fazendo antever um dia chuvoso... mas definitivamente, nós não percebemos nada de clima.

Não estamos sozinhos, há muitas pessoas que se dirigem para lá das mais variadíssimas maneiras. Estamos numa autêntica procissão.
Atravessamos um passadiço até chegar à 1ª muralha do templo. As pessoas acotovelam-se, vão em passo apressado. Querem o melhor ângulo de fotografia.
Depois da primeira muralha, pomos finalmente os olhos nas 5 torres magníficas do Angkor Wat. Ainda mal se percebem contra o céu que começa a clarear.
Mas é difícil concentrarmo-nos com gente que nos faz autênticas razias e não tem respeito pelas fotos que estamos a tirar.
A meio do segundo passadiço aparecem as piscinas – uma de cada lado – à margem das quais se amontoam toda a gente. Nós também... mesmo à beirinha...

E aí, somos só nós e o Angkor... ou melhor... os Angkors... A wet season tem as suas vantagens e o efeito de espelho que a água nos proporciona vale todos os céus sem nuvens do mundo.
São 06h e centenas de pessoas olham e pasmam à medida que surge o céu cor de rosa por trás das torres em forma de maçaroca de milho. As nuvens dançam por ali, no céu e no lago. As flores de lótus também.
É maravilhoso, fico encantada, emocionada... é um verdadeiro momento de bliss...




"is of such extraordinary construction that it is not possible to describe it with a pen, particularly since it is like no other building in the world. It has towers and decoration and all the refinements which the human genius can conceive of"

5 comentários:

Fm disse...

...maravilha.....
bonito texto, excelente fotografia...torres, palmeiras, céu, espelho...excelente.
parabéns

ana disse...

magico

AC disse...

amei..

Anónimo disse...

Foto tirada no momento certo. Lindo!

vento disse...

excelente fotografia...
mas a máquina também ajuda!