24 de novembro de 2008

Bayon

31-Outubro-2008

O Bayon é o principal templo do Angkor Thom.
Uma das suas principais características é a multidão de caras gigantes mas serenas que nos observam das suas torres.
A semelhança de todas as caras entre si e com outras estátuas do rei Jayavarman VII que reinava na altura, leva os especialistas a pensarem que podem ser representações de ele próprio. Outros crêem ser a representação de um Bodhisattva.
Quer uma quer outra podem estar correctas uma vez que a tradição do culto devaraja levava os reis a considerarem-se deuses, Shiva ou Vishnu, e a consagrarem templos a eles próprios. A diferença, é que na altura da construção do templo, com o hinduísmo praticamente extinto, o rei como budista, identificava-se com o Buda. Interessante.






Para onde quer que olhemos… “alguém” está a olhar para nós.
Adorei este templo.



4 comentários:

Helena de Tróia disse...

que lugar magnífico...há sitios assim que nos deixam sem palavras...

fm disse...

Deve ser mesmo um local mágico, e realmente essas carantonhas gigantes estão por todo o lado, deve ter sido um tempo magnifico o que por aí passaram

Anónimo disse...

Lindo!! Aqui de facto tem-se a sensação de se estar constantemente a ser observado.

vento disse...

É na verdade um lugar mágico. Interessante como eles gostam de vestir as estátuas. Nota-se especialmente na última foto da autoria de L.Gomes.